Um dia desses estava conversando com meu chefe, trabalho com Tecnologia já há vários anos, ele tem um negócio também no ramo de tecnologia que toca paralelamente e está na fase inicial. Comentei sobre cartão de visitas, se ele não queria fazer e tal, a resposta dele foi imediata: “ninguém quer isso hoje em dia”. A resposta dele está errada e neste artigo eu vou dizer porque.

O cartão de visitas surgiu no século XVII em inspirado em jogos de cartas, os jogadores escreviam seus dados e contatos para garantir que recebessem as dívidas advindas dos jogos. Ele já foi um símbolo de status também, mas atualmente ele tem outras missões importantes no mundo dos negócios.

A primeira delas é que ele mostra que o portador do cartão é um vendedor nato, ou pelo menos tenta ser, isso é muito importante ao fazer uma visita à um cliente, pois ele verá que quem esta oferecendo o produto ou serviço não está ali por acaso, ele se preparou para tal, investiu em algo para entregar caso não execute a venda ou algo para ser lembrado, coisas que um vendedor precisa saber fazer.

Outra função do cartão de visitas, principalmente em pequenos e novos negócios, é ser uma forma de materializar um projeto, ou seja, tornar palpável. Sim, quando inicia-se um novo negócio normalmente não temos clientes, não temos testemunhos de pessoas que compraram, então o cartão de visitas passa a ser a primeira ferramenta que passa credibilidade ao seu público alvo ou seus stakeholders. Eles observam o cartão de visitas e logo pensam que “se ele tem um cartão de visitas é porque é um negócio sério”. Isso de fato ocorre, quantas vezes não fomos abordados por pessoas vendendo bombons ou qualquer tipo de coisa que elas produzem em casa e você só vê o produto e mais nada. Você pensa, que negócio amador. Agora pense se essa mesma pessoa te abordasse, você não comprasse naquele momento, seja porque não tem interesse ou porque naquele houvesse algum motivo para você não comprar e ela deixasse com você um cartão de visitas e dissesse: “tudo bem, não comprou agora, mas pegue meu cartão de visitas, caso se interesse ou saiba de alguém que possa ter interesse pode passar o meu cartão”. No mínimo, repito, no mínimo você vai dar uma olhada no cartão, ler o nome, observar o visual do cartão e poderá pensar em alguém que possa se interessar pelo que foi oferecido. Muito mais que isso, caso de fato quem recebeu o cartão o repasse ou volte a te procurar você fez daquele contato uma venda e não passou despercebido na vida de algum cliente em potencial.

Muitos negócios utilizam os chamados cartões de visita criativos, você já deve ter visto, estes cartões não tem apenas aquele formato de 9cm x 6cm, eles são recortados de maneira personalizada, apesar de não ver tanto retorno no investimento de cartões como esse, em segmentos de mercado em que a criatividade é um diferencial ou uma necessidade, esse tipo de cartão pode ser uma forma de se destacar. Pense, se você vendesse bolos de noiva e em uma feira de noivas muitos estão entregando cartões de visita comuns e ao passar pelo seu stand você entrega um cartão de visitas dobrável, tipo os cartões de namorados muito populares antigamente, e que ao abrir o cartão é montado um bolo, certamente o seu cliente em potência ao falar de você vai comentar desse cartão ou mostrar par outras pessoas. Além de dar uma idéia de que seu produto tem maior qualidade, se ele estiver procurando exatamente um produto superior ele fará contato com você com mais expectativas de fazer negócios que os demais.

Hoje em dia os cartões de visita americanos, já contam com um quesito digital, ao invés de você pegar o cartão de visitas e anotar o número, ele vem com um QR Code que você escaneia com um smartphone e o contato da pessoa é adicionado à agenda do seu telefone, de maneira completa sem precisar digitar. Isso é muito interessante no mundo de hoje, apesar de no Brasil pouca gente ter um QR Code Reader no celular, vale a pena investir para mostrar modernidade e tecnologia no que se faz, se algum dia alguém escanear terá o seu contato sem muito esforço e sem risco de erros de digitação, como os dados vem completos, ele terá seu e-mail, celular, fixo, site, skype e qualquer outra forma de contato que queira adicionar à agenda do cliente em potencial.

Conclusão, cartões de visitas, ainda hoje, são uma poderosa arma para gerar negócios, passar credibilidade, se diferenciar e ser lembrado, para quem não é do ramo de vendas, saiba que credibilidade, diferenciação e ser lembrado três dos requisitos mais importantes para boas vendas e se você está no mundo dos negócios só vai conseguir se manter se vender.

Boas vendas e vamos fazer nossos cartões agora.


Clayton Félix
Clayton Félix

Olá pessoal, sou dono dessa Eugência de Marketing. Trabalho há quase 3 anos com Marketing Digital, sou analista de TI por profissão, Administrador formado e junto tudo isso na minha paixão que é o mundo dos negócios. Empreender está no sangue e minha missão nesse mundo é desenvolver os nossos negócios, o meu e o seu, seja ele em qualquer área de atuação em parcerias de sucesso.

Leave a Reply

Your email address will not be published.